A Psicologia e a Ontologia como pressupostos ao conhecimento e à evolução do humano
The search for efficiency in public service through Access to Information Act and relations with improvement of information management

Cleoci Werle Rockenbach, Alécio Vidor

Resumo


A psicologia é a ciência que se propõe fazer a análise do homem, da sua psique e dos seus comportamentos, mas até hoje tem se mostrado incapaz de dar solução ao problema homem. A ineficiência e incompletude da psicologia foram apontadas por Husserl, pelos psicólogos humanista-existenciais, e mais recentemente por Meneghetti, que, após anos de intensos estudos e verificação prática constata que a psicologia, sem o fundamento ontológico, não é capaz de compreender nem explicar o homem em sua totalidade. A ontologia é a lógica que o ser opera universalmente. Compreendendo este princípio se transpõe o mundo fenomênico, o mundo das aparências e se chega à essência que substancia todas as coisas e que consente conhecer com exatidão. O presente trabalho apresenta inicialmente o entendimento de Lao-Tse e Parmênides sobre o ser e aborda a metafísica de Aristóteles; a seguir apresenta uma concisa abordagem sobre May, Rogers e Maslow; discorre sobre a crise das ciências e a fenomenologia transcendental de Husserl e por fim apresenta a Ontopsicologia como método para chegar a Ontologia. Não se trata de um estudo aprofundado sobre nenhum dos temas ou autores, mas uma sensibilização ao entendimento da importância da ontologia para a psicologia e para a produção de conhecimento. O trabalho consiste em uma revisão de literatura de cunho exploratório.


Palavras-chave


Ciência; Conhecimento; Nexo Ontológico; Ontologia; Psicologia

Texto completo:

PDF

Referências


ABBAGNANO, N. Storia della filosofia: la filosofia antica, la patristica e la scolatica. v. 1. Turim: UTET, 2009.

ARISTÓTELES. Metafísica. 2. ed. São Paulo: Edipro, 2012.

HUSSERL, E. A crise das ciências europeias e a fenomenologia transcendental: uma introdução à filosofia fenomenológica. Rio de Janeiro: Forense, 2012.

LAO-TSE. Tao te ching: o livro que revela Deus. São Paulo: Martin Claret, 2011. 4 reimp.

MASLOW, A H. Introdução à psicologia do ser. Rio de Janeiro: Eldorado, 1962. Disponível em: Acesso em: 12 abr. 2016.

MAY, R. A descoberta do ser. Rio de Janeiro: Rocco, 1988.

MENEGHETTI, A. Genoma Ôntico. 2. ed. Recanto Maestro: Ontopsicologica Editrice, 2003.

MENEGHETTI, A. Intelletto e Personalità. Roma: Psicologica Editrice, 2005.

MENEGHETTI, A. Manuale di Ontopsicologia. 3.ed. rev. aum. Roma: Psicologica Editrice, 2003.

MENEGHETTI, A. O Em Si do homem. Recanto Maestro: Ontopsicologica Editrice, 2004.

MENEGHETTI, A. Racionalidade Ontológica. Recanto Maestro: Ontopsicológica, 2015.

MONDIN, B. Storia della metafisica. v 1. Bolonha: Studio Domenicano, 1998.

ROGERS, C. R. Tornar-se pessoa. 6. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1982




DOI: https://doi.org/10.18815/sh.2016v6n8.147

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Saber Humano: Revista Científica da Faculdade Antonio Meneghetti

URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/legalcode

Saber Humano, ISSN-E 2446-6298, Restinga Sêca-RS, Brasil.

Licença Creative Commons
Saber Humano de https://saberhumano.emnuvens.com.br/sh/index está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.