Aplicação do modelo do fluxo de caixa descontado em uma pequena empresa

Wyllian Patrik Bruchez, Nelson Guilherme Machado Pinto, Bianca Bigolin Liszbinski, José de Pietro Neto

Resumo


Diante da incerteza do futuro e do aumento do nível de competitividade muitas empresas têm buscado ferramentas de análise e gestão focadas na avaliação de seu desempenho. Essa busca vem da necessidade de antecipar e potencializar as decisões estratégicas e consequentemente maximizar a riqueza do negócio. Para isso encontra-se na literatura financeira ferramentas que visam guiar o investidor a mensurar e acompanhar o valor do seu negócio, assim, verificando o impacto das decisões gerenciais no valor econômico da empresa. Dos inúmeros métodos de valoração existente na literatura financeira destaca-se o método do Fluxo de Caixa Descontado (FCD), que avalia o valor de um negócio por sua capacidade de gerar riqueza ao longo do tempo, descontando esse valor pelo custo do capital do negócio. Neste contexto, este trabalho tem o principal de mensurar o valor de uma empresa que atua no setor de maquinário agrícola na cidade de Palmeira das Missões – RS, através da metodologia do fluxo de caixa descontado. Para tal projetou-se os Fluxos de caixas da empresa para três cenários distintos, calculou-se também o WACC (custo médio ponderado de capital) da empresa. Os valores obtidos refletem os fundamentos e o risco da empresa, demonstrando o valor da empresa para seu desempenho em diferentes cenários, evidenciando o FCD como uma ferramenta de apoio a decisão e de gerenciamento do valor do negócio. O valor intrínseco total da empresa analisada obtida por meio da ponderação dos cenários estudados é de R$ 25.203.787,00 para o período de análise.

Palavras-chave


Avaliação de Empresas; Gestão baseada em valor; Fluxo de Caixa Descontado.

Texto completo:

PDF

Referências


ASSAF NETO, A. Finanças corporativas e valor. São Paulo: Atlas, 2014.

BOUFET, L. D. Modelos de valorização de empresas: estudo de caso em empresa supermercadista. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. PORTO ALEGRE: teste. Fonte: http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/8408/000575511.pdf?, 2006.

CERBASI, G. P. Metodologias para determinação do valor das empresas: uma aplicação no setor de geração de energia elétrica. DISERTAÇÃO (Mestrado em Administração), Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.

COPELAND, T., KOLLER, T.; MURRIN, J. Avaliação de empresas: calculando e gerenciando o valor das empresas. São Paulo: Pearson, 2002.

DAMODARAN, A. Valuation: como avaliar empresas e escolher as melhores ações. Rio de Janeiro: LTC, 2012.

FALCINI, P. Avaliação econômica de empresas: técnica e prática. São Paulo: Atlas, 2011.

FERRONATO, A. J. Gestão contábil-financeira de micro e pequenas empresas: sobrevivência e sustentabilidade. São Paulo: Atlas, 2015.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. A. Fundamentos de metodologia científica. São Paulo: Atlas, 2010.

MÜLLER, A.; TELÓ, A. R. Modelos de avaliação de empresas. Revista FAE, v. 6, n. 2, p. 97-112, 2003

NEIVA, R. A. Valor de mercado da empresa. São Paulo: Atlas, 1999.

SANTOS, J. O. Avaliação de empresas: cálculo e interpretação do valor das empresas. São Paulo: Saraiva, 2008.

VALENTE, P. G. Guia para a compra e venda de empresas: avaliação e negociação, due diligence, aspectos jurídicos e societários e governança corporativa nas empresas negociadas. Rio de Janeiro: LTC, 2014.




DOI: https://doi.org/10.18815/sh.2018v8n13.328

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Saber Humano: Revista Científica da Faculdade Antonio Meneghetti

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Saber Humano, ISSN-E 2446-6298, Restinga Sêca-RS, Brasil.

Licença Creative Commons
Saber Humano de https://saberhumano.emnuvens.com.br/sh/index está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.