Uso da ferramenta Kodular no ensino de matemática para a educação básica

Felipe Becker Nunes, Hercules Affonso Karkow

Resumo


Este trabalho visou realizar um experimento de forma qualitativa com uma docente da área de Matemática e sua turma do 2º ano do Ensino Médio. O intuito foi complementar a didática das aulas e aproximarem-se da realidade social atual com relação ao uso da tecnologia com a utilização da ferramenta de desenvolvimento de projetos mobile chamada Kodular, como estudo de caso. Para a coleta de dados, foram aplicados questionários com perguntas objetivas e dissertativas tanto para a turma, quando para um grupo de professores para saber a opinião deles sobre o uso de ferramentas tecnológicas nas escolas, e entrevistas com a turma de discentes e a docente. E como resultados, em linhas gerais, após o uso da ferramenta, os alunos se mostraram motivados, com um índice maior de atenção para com os conteúdos da disciplina, inferindo assim que a ferramenta complementa seu processo de aprendizagem em sala de aula e de forma resumida, é algo que foge da rotina monótona realizada em algumas escolas, se tornando algo divertido e complementar.

Palavras-chave


Educação; Tecnologia; Crianças; Professores; Ensino de Matemática.

Texto completo:

PDF

Referências


BNCC. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/. Acesso em Dezembro de 2019.

LÜDKE, M.; ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em Educação: abordagens qualitativas. São Paulo: Editora Pedagógica e Universitária (EPU), 1986.

MARTINS, J. S. Situações práticas de ensino e aprendizagem significativa. 1. ed. Campinas: Autores Associados, 2009.

MENEGHETTI, A. Em Si da Arte e Criatividade. Psicologica Editrice, Florianópolis – SC, Brasil, 1996.

MORAN, M. J. Novas Tecnologias e o reencantamento do mundo: tendências na educação. Revista Tecnologia Educacional, v. 23, n.126, p. 24-26, Rio de Janeiro, 1995.

OLIVEIRA, R. B.; AZEVEDO, J. B.; SILVA, M. S. M.; SILVA, A. F.; ABREU, M. P.; OLIVEIRA, S. B.; TARGIINO, J. R. Desafios da Formação Continuada de Professores de Matemática nos Anos Finais do Ensino Fundamental. Id on Line Rev.Mult. Psic., v.13, n. 45, p. 773-783, 2019.

PACHECO, M. B.; ANDREIS, G. S. L. Causas das dificuldades de aprendizagem em Matemática: percepção de professores e estudantes do 3º ano do Ensino Médio. Revista Principia - divulgação científica e tecnológica do IFPB, nº 38, p. 1-10, 2017.

PEREIRA, F. M. Impactos da Utilização das Tecnologias no Processo de Aprendizagem das crianças. Id on Line Ver. Mult. Psic., v.11, n. 38, 2017.

SILVA, B. C.; BRAYNER, C.; BORRALHO, A. M. A. Avaliação em Matemática com uso de tecnologias no ensino médio na perspectiva de professores. V Congresso de Avaliação em Educação, Bauru/São Paulo, 2018.

SILVA, R. F; CORREA, E. S. Novas tecnologias e educação: a evolução do processo de ensino e aprendizagem na sociedade contemporânea. Educação & Linguagem, ano 1, nº 1, p. 23‐35, 2014.

SILVA, K. V.; SILVA, M. H. Dicionário de conceitos históricos. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2006.

VILLAS BOAS, B. M. F. Virando a escola do avesso por meio da avaliação. São Paulo: Papirus, 2008.

ZANATTA, A. C. Programação de computadores para crianças metodologia do Code Club Brasil. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologias da Informação e Comunicação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Araranguá, 2015.




DOI: https://doi.org/10.18815/sh.2020v10n17.458

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Saber Humano: Revista Científica da Faculdade Antonio Meneghetti

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Saber Humano, ISSN-E 2446-6298, Restinga Sêca-RS, Brasil.

Licença Creative Commons
Saber Humano de https://saberhumano.emnuvens.com.br/sh/index está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.