Estudo da qualidade do Tempo Livre de estudantes durante a Pandemia de COVID-19

Fernando Dorneles Gindri, Bruna de Franceschi Schirmer Gindri

Resumo


Em tempos de pandemia do Covid-19 houve um aumento no tempo livre para a maioria da população. Frente a isso, com escolas e universidades fechadas os estudantes tiveram mais tempo ocioso para executar suas atividades fora desses ambientes. Assim, sabendo da importância do uso adequado do tempo livre, foi desenvolvido o estudo em questão, buscando analisar o aproveitamento do tempo livre, focado no público de estudantes. O trabalho foi realizado através de uma pesquisa quali-quantitativa, com a aplicação de um questionário online confidencial, com o objetivo de verificar o uso do tempo livre de estudantes, através da relação entre o período antes e durante o atual cenário pandêmico. Os dados da pesquisa apontam que a maioria dos estudantes ficou confinada com suas famílias em algum momento da pandemia, colocando estes jovens diante de uma realidade diferente do que estavam acostumados, ficando mais tempo no interior de suas residências, os forçando a adaptação de novos hábitos de rotina para aproveitar seu tempo livre, que consequentemente, os levaram a aumentar a utilização de meios virtuais. Os resultados da pesquisa apontam que as atividades escolhidas pelos estudantes para desfrutar do tempo livre durante o confinamento, muitas vezes, não foram inteligentes e sadias, interferindo assim, negativamente na sua saúde mental. Essas atitudes contribuíram no surgimento de diferentes sinais psíquicos como estresse, alteração no sono, ansiedade, tédio, alteração de humor etc. Para amenizar os sintomas trazidos pela pandemia, muitos jovens aumentaram seu consumo de álcool como uma válvula de escape para atual situação pandêmica.


Palavras-chave


Tempo Livre; Estudantes; Pandemia

Texto completo:

PDF

Referências


AQUINO, Cássio Adriano Braz; MARTINS, José Clerton de Oliveira. Ócio, lazer e tempo livre na sociedade do consumo e do trabalho. Revista Mal-Estar e Subjetividade, Fortaleza, v. 7, n. 2, p. 479-500, set. 2007. Disponível em: . Acesso em 03 de set. 2020.

FERREIRA, Camila Lopes. Trabalho, tempo livre e lazer: uma reflexão sobre o uso do tempo da população brasileira. Paraná, 2010.

WHO. Coronavirus disease (COVID-19) pandemic. 2020. World Health Organization. Disponível em: . Acesso em 03 de set. de 2020.

OMS classifica coronavírus como pandemia. Governo do Brasil, 2020. Disponível em: . Acesso em: 07 de set. de 2020.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Coronavírus – Covid-19: O que você precisa saber. Governo do Brasil, 2020. Disponível em: . Acesso em: 07 de set. de 2020.

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. 16 de março de 2020. Decreto Nº 55.118 de 16/03/2020. Disponível em: . Acesso em: 08 de set. 2020.

CASTILHO, César T.; RIBEIRO, Sheylazarth P.; UNGHERI, Bruno O. Distanciamento social e tempo livre: Paradoxos vivenciados por estudantes da universidade estadual de minas gerais no âmbito do lazer. Licere - Revista do Programa de Pós-graduação Interdisciplinar em Estudos do Lazer (UFMG), Belo Horizonte, v.23, n.3, set/2020. Disponível em: . Acesso em 05 de outubro de 2020.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Centro Gráfico, 1988.

RECHIA, Simone. Ócio, lazer e tempo livre: Os interesses culturais como resistência emancipatória. 2020. Disponível em: https://medium.com/sesctv/%C3%B3cio-lazer-e-tempo-livre-os-interesses-culturais-como-resist%C3%AAncia-emancipat%C3%B3ria-e511baafd1ba. Acesso em 03 setembro de 2020.

MONTENEGRO, Gustavo M.; QUEIROZ, Bruno da S.; DIAS, Mairna C. Lazer em tempos de distanciamento social: impactos da Pandemia de covid-19 nas atividades de lazer de Universitários na cidade de Macapá (AP). Licere - Revista do Programa de Pós-graduação Interdisciplinar em Estudos do Lazer (UFMG), Belo Horizonte, v.23, n.3, set/2020. Disponível em: . Acesso em 10 de outubro de 2020.

FIGUEIREDO, Silvio Lima; SARÉ, Larissa Plácido. Usos e práticas do lazer e dos tempos livres: do consumo à procura pela felicidade. Revista Brasileira de Estudos do Lazer. Belo Horizonte, v. 1, n. 3, p.148-164, set./dez. 2014.

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca - ENSP. Ansiedade, abuso de álcool, suicídios: pandemia agrava crise global de saúde mental. Informe ENSP, 17 jun. 2020. 4p. Disponível em: . Acesso em: 05 de outubro de 2020.

DIVINO, Lorena Dias do A., Pandemia e o crescente aumento na adoção de animais domésticos. Gestão & Tecnologia. Faculdade Delta. Goiás, Ano IX, v. 1 Edição 30. Jan/Jun 2020. Disponível em: . Acesso em: 25 de outubro de 2020.

GARCIA, Leila P., SANCHEZ, Zila M. Consumo de álcool durante a pandemia da COVID-19: uma reflexão necessária para o enfrentamento da situação. Informe Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 36, n.10, 26 out. 2020. Disponível em:

Acesso em: 30 de outubro de 2020.

MENEGHETTI, Antonio. A Psicologia do Líder. Recanto Maestro: Ontopsicológica Editora Universitária, 2013. 320 p.

MENEGHETTI, Antonio. Psicologia Empresarial. Recanto Maestro: FOIL, 2013. 492 p.

MENEGHETTI, Antonio. Manual de Ontopsicologia. Recanto Maestro: Ontopsicológica Editora Universitária, 2010. 520 p.

MENEGHETTI, Antonio. Projeto Homem. Recanto Maestro: Ontopsicológica Editora Universitária, 2011. 309 p.

MENEGHETTI, Antonio. Do Humanismo Histórico ao Humanismo Perene. Recanto Maestro: Ontopsicológica Editora Universitária, 2014. 176 p.

MENEGHETTI, Antonio. Os Jovens e a Ética Ôntica. Recanto Maestro: Ontopsicológica Editora Universitária, 2013. 196 p.

MENEGHETTI, Antonio. Jovens e Realidade Cotidiana. Recanto Maestro: Fundação Antonio Meneghetti, 2017. 187 p.

MENEGHETTI, Antonio. Falando aos Jovens. Recanto Maestro: Fundação Antonio Meneghetti, 2019. 3 v.




DOI: https://doi.org/10.18815/sh.2021v11n19.501

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Saber Humano: Revista Científica da Faculdade Antonio Meneghetti

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Saber Humano, ISSN-E 2446-6298, Restinga Sêca-RS, Brasil.

Licença Creative Commons
Saber Humano de https://saberhumano.emnuvens.com.br/sh/index está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.