A inteligência humana feminina para a tomada de poder
Female human intelligence for power outlet

Joana de Jesus, Josiane B. Piccin Barbieri

Resumo


Este artigo versa sobre a ausência das mulheres nos postos de poder. Faz uma breve síntese dos eventos históricos buscando identificar se a posição de poder da mulher foi sempre secundária em relação ao homem ou se teria sido anteriormente diversa. Além disso, visa identificar as razões pelas quais a mulher, mesmo em um contexto mais favorável de tomada de poder, ainda é pouco presente. Para alcançar esses objetivos, este artigo descreve o entendimento de autores que abordam o tema, além de buscar através de dados qualitativos e quantitativos extraídos de estudos ou relatórios de órgãos de pesquisa relevantes, recorrendo a algumas premissas filosóficas e ontológicas que colaboram com o entendimento mais profundo da natureza humana.

Palavras-chave


Liderança. Poder. Empoderamento da mulher.

Texto completo:

PDF

Referências


BARBIERI, P. J.; ANDREOLA, M. T. Incremento da Qualidade de Vida pelo Projeto Mulher do Milênio. Trabalho apresentado no 12º Congresso de Stress da ISMA-BR, 14º Fórum Internacional de Qualidade de Vida no Trabalho, 4º Encontro Nacional de Qualidade de Vida na Segurança Pública e 4º Encontro Nacional de Qualidade de Vida no Serviço Público, 2012.

BEAUVOIR, S. O segundo sexo. A experiência vivida. 2 ed., São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1967.

BEAUVOIR, S. O segundo sexo. Fatos e mitos. 4 ed., São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1970.

BENNIS, W. A formação do líder. São Paulo. Atlas. 1996.

BERGAMINI, C. W. Liderança. Administração do sentido. 2 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

BURNS, J. M. Leadership, New York: Harper Torchbooks, 1979.

CAMPUS, C. Femminismo, Negazione Femminile. Nuova Ontopsicologia, p. 24-33, Jan/1999.

CAROTENUTO, M. A Paidéia Ôntica: dos Sumérios a Meneghetti. Recanto Maestro: Ontopsicologica Editora Universitária, 2013.

COMITTED TO IMPROVING THE STATE OF THE WORLD. Five Challanges, one solution: Women, World Economic Forum, 2013. http://www3.weforum.org/docs/WEF_GAC_WomensEmpowerment_FiveChallangesOneSolution_Compendium_2013.pdf Acesso em 2 de Novembro de 2014.

COMITTED TO IMPROVING THE STATE OF THE WORLD. The Global Competitiveness Report 2014-2015, World Economic Forum, 2014. http://www3.weforum.org/docs/WEF_GlobalCompetitivenessReport_2014-15.pdf Acesso em 2 de Novembro de 2014.

DRUCKER, P. F. et al in. Liderança para o século XXI. São Paulo: Futura, 2000.

DUBY, G.; PERROT, M. et. al in. História das Mulheres. A Antiguidade. Porto: Afrontamentos, 1990.

DUBY, G.; PERROT, M. et. al in. História das Mulheres. O Século XX. Porto: Afrontamentos, 1991.

FORTUNE, On Line. Disponível em: http://fortune.com/2014/06/03/number-of-fortune-500-women-ceos-reaches-historic-high/ Acesso em 2 de Novembro de 2014.

GIL, A. C. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 5. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

HECHT, A. Il Potere non Fa Piú Paura. Nuova Ontopsicologia, p. 30-41, Fev/1999.

HERÓDOTO, História, eBooksBrasil, 2006.

HOUAISS, A. Mini Dicionário da Língua Portuguesa. 2. ed. Rio de Janeiro: Objetiva, 2004.

INTERPARLIAMENTARY UNION. Women in National Parliaments 1997/2014. http://www.ipu.org/wmn-e/world.htm Acesso em 2 de Novembro de 2014.

KOUSEZ, J. M; POSNER, B. Z. Líder-mestre: o verdadeiro líder serve aos outros e se sacrifica por eles. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de Metodologia Científica. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2003.

MATOS, V. Um Olhar Sobre o Movimento Feminista Socialista/Marxista. Cadernos de Pesquisa do CDHIS — n. 39 — ano 21 — p. 65-72 — 2º sem. 2008. http://www.seer.ufu.br/index.php/cdhis/article/viewFile/2255/1849 Acesso em 2 de Novembro de 2014.

MENEGHETTI, A. A Feminilidade como Sexo, Poder e Graça. 5 ed. Recanto Maestro: Ontopsicológica Universitária, 2013.

MENEGHETTI, A. A Psicologia do Líder. 4. ed. Recanto Maestro: Ontopsicologica Editrice, 2008.

MENEGHETTI, A. Dicionário de Ontopsicologia. 3 ed. Recanto Maestro: Ontopsicologica Editrice, 2004.

MENEGHETTI, A. Conhecimento Ontológico e Consciência. Recanto Maestro: Ontopsicológica Editora Universitária, 2011.

MENEGHETTI, A. O Em Si do Homem. 5 ed. Recanto Maestro: Ontopsicologica Editrice, 2004.

MENEGHETTI, A. O Nascimento do Eu. 2 ed. Recanto Maestro: Ontopsicologica Editrice, 2003.

MENEGHETTI, A. O Projeto Homem. Porto Alegre: Ontopsicologica Editrice, 1999.

MENEGHETTI, A. La Donna Del terzo Millennio. Nuova Ontopsicologia, p. 22-23, Jan/1999.

MENEGHETTI, A. Manual de Ontopsicologia, Recanto Maestro: Ontopsicológica Editora Universitária, 2010.

MENEGHETTI, A. Per L’Eficienza Della Specie Umana. Nuova Ontopsicologia, p. 6-29, Fev/1999.

PERKINS, D.N.T. Liderança no Limite. São Paulo: Makron Books, 2002.

RASEAM - Relatório Anual Socioeconômico da Mulher. 1 Ed. Brasília: Secretaria de Políticas para as Mulheres, Novembro, 2013.

SCHULTZ, D. P. SCHULTZ, E. S. Teorias da Personalidade. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2002.

SCHUCH, M. A. Mulher. Aonde vais? Convém? Porto Alegre: Ed. do Autor, 2013.

SILVA, E. L. Metodologia da pesquisa e elaboração de dissertação. 3. Ed. Florianópolis: Laboratório de Ensino a Distância da UFSC, 2001.

VALLINI, M. Il Nuovo Protagonismo Per La Donna. Nuova Ontopsicologia, p. 42-51, Fev/1999.

VIDOR, A. Filosofia Elementar. Curitiba: Iesde, 2008.




DOI: https://doi.org/10.18815/sh.2015v5n6.68

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Saber Humano: Revista Científica da Faculdade Antonio Meneghetti

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Saber Humano, ISSN-E 2446-6298, Restinga Sêca-RS, Brasil.

Licença Creative Commons
Saber Humano de https://saberhumano.emnuvens.com.br/sh/index está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.