O uso da lógica formal e da Ontopsicologia na análise de uma decisão judicial

Mariana Brito Araujo

Resumo


O presente trabalho tem como desafio empreender a análise de uma decisão judicial concreta, através da lógica formal e da técnica ontopsicológica, a fim de confrontar as conclusões resultantes de ambas as técnicas, com o objetivo de, ao final, averiguar se a decisão objeto da análise contribuiu ao crescimento e evolução do homem em sociedade ou se, pelo contrário, representou um obstáculo a este livre desenvolvimento. Como objetivos secundários, destaca-se aproximar o leitor leigo da leitura de uma decisão judicial e o reforçar a qualidade do método ontopsicológico em relação à lógica formal, a qual se revela necessária, mas não suficiente como caminho para encontrar a verdade.

Palavras-chave


análise; lógica formal; decisão judicial; Ontopsicologia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18815/sh.2016v0n0.136

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Saber Humano: Revista Científica da Faculdade Antonio Meneghetti

URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/legalcode

Saber Humano, ISSN-E 2446-6298, Restinga Sêca-RS, Brasil.

Licença Creative Commons
Saber Humano de https://saberhumano.emnuvens.com.br/sh/index está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.