Direito e Arte: garantia de civilidade como premissa à plenitude do projeto individual
Law and Art: guarantee of civility as premise to the plenitude of the individual project

Mariana Brito Araujo

Resumo


Trata-se de um estudo nas áreas do direito e da arte, com o objetivo de relacioná-los em uma unidade coerente. Como método, foi utilizada pesquisa bibliográfica. Inicialmente, se buscou fundamentar o direito, relacioná-lo com a vida e sua funcionalidade para o homem. Depois se investigou: quem é este homem? O homem autêntico, se sua ação for conforme ao seu Em si ôntico. Este homem possui como determinante, instintos, que deve realizar. Mas seu projeto é metafísico, vai além de seus limites físicos: sua busca instintual se dirige ao todo e busca a maturação. Maduro, o homem é naturalmente OntoArte, que está em tudo, inclusive no direito que, simultaneamente, tem a função de garantir esta possibilidade de maturidade.

Palavras-chave


Direito; Fundamentos; Devir; Arte; OntoArte.

Texto completo:

PDF

Referências


ARISTÓTELES. Ética a Nicômaco. São Paulo: Edipro, 2009.

CARNELUTTI, F. Arte do direito. Tradução Almícare Carletti. São Paulo: Pillares, 2007.

CUNHA, P. F. da. Prefácio: Uma enciclopédia Crítica e Criativa. Coletânea de textos “Antimanual de Direito & Arte”. São Paulo: Saraiva, 2016.

FABRIZ, D. C. A Estética do Direito. São Paulo: Del Rey, 1999.

FRANCA FILHO, M. Ceschiatti e a Justiça Além da Lei: Duas Lições para uma poética do Espaço-Tempo. Coletânea de textos “Antimanual de Direito & Arte”. São Paulo: Saraiva, 2016.

GOETHE, J. W. V. A Doutrina das Cores. São Paulo: Nova Alexandria, 1993.

JHERING, R. V. A evolução do Direito. Lisboa: José Bastos & C.a Editores, 1963.

JHERING, R. V. A Luta pelo Direito. Rio de Janeiro: Forense editora, 2006.

LACERDA, S. O Vero e o Certo: A Providência na História Segundo Giambattista Vico. Revista do programa de Pós-Graduação em História da UNB, Universidade de Brasília, Volume 03, n.01, ano 1995.

OSTROWER, F. Universos da Arte. 2. ed. São Paulo: Campus Ltda., 1983.

MENEGHETTI, A. O Critério Ético do Humano. Premissas humanísticas para o terceiro milênio. Recanto Maestro: Ontopsicologica Editrice, 2002.

MENEGHETTI, A. OntoArte. O Em si da Arte. Recanto Maestro: Ontopsicologica Editrice, 2003.

MENEGHETTI, A. Ontopsicologia Clínica. 3. ed. Recanto Maestro: Ontopsicologica Editrice, 2005.

MENEGHETTI, A. A crise das democracias contemporâneas. Recanto Maestro: Ontopsicologica Editrice, 2007.

MENEGHETTI, A. Direito, Consciência, Sociedade. Recanto Maestro: Ontopsicologica Editrice, 2009.

MENEGHETTI, A. Manual de Ontopsicologia. 4. ed. Recanto Maestro: Ontopsicologica Editora Universitária, 2010.

MENEGHETTI, A. Dicionário de Ontopsicologia. 2. ed. Recanto Maestro: Ontopsicológica Editrice, 2012.

MENEGHETTI, A. O Em si do homem. 5. ed. Recanto Maestro: Ontopsicologica Editora Universitária, 2015.

PETRONE, I. Filosofia del diritto. Con l’aggiunta di vari saggi su diritto, etica e sociologia. Milano: Gauffre Editore, 1959.

RODIN, A. A Arte. São Paulo: Intermezzo Editorial, 2015.

STRECK, L. L. Compreender Direito. Vol. 1. 2. ed. São Paulo: Editora RT, 2014.

VIDOR, A. Fenomenologia e Ontopsicologia. Recanto Maestro: Ontopsicológica Editora Universitária, 2013.

XEREZ, R. M. A Norma jurídica como obra de Arte. Coletânea de textos “Antimanual de Direito & Arte”. São Paulo: Editora Saraiva, 2016.




DOI: https://doi.org/10.18815/sh.2017v0n0.187

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Saber Humano: Revista Científica da Faculdade Antonio Meneghetti

URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/legalcode

Saber Humano, ISSN-E 2446-6298, Restinga Sêca-RS, Brasil.

Licença Creative Commons
Saber Humano de https://saberhumano.emnuvens.com.br/sh/index está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.