Ambiente Virtual de ensino-aprendizagem em dispositivos móveis para o curso de comércio exterior

Hamlet Xavier Simon

Resumo


As tecnologias digitais de informação e comunicação revolucionam, a cada instante, as relações e interações entre os docentes, discentes e, especialmente, os recursos utilizados para os processos educativos. Isto não ocorre somente nos ambientes tradicionais de ensino, mas também na forma mais ubíqua de se trabalhar com o ensino-aprendizagem em rede. Destaca-se o desenvolvimento e a operacionalização de módulos educacionais em rede através da plataforma Moodle - software livre e mediador-chave de instituições de ensino superior, os quais permitem potencializar o conhecimento discente a partir da prática, da interação e da produção colaborativa. Utilizamos a pesquisa-ação educacional em cinco ciclos espiralados, acoplada à customização de tecnologias, como a inclusão de recursos educacionais específicos acessados através de dispositivos móveis. Os resultados configuram-se com o aprimoramento da prática docente e inovando-se no planejamento de disciplinas com conteúdo prático para o curso de comércio exterior. A evolução passa pela mudança na prática pedagógica, evoluindo-se do conteúdo transmitido de forma bancária, para a lógica da resolução de problemas.

Palavras-chave


Tecnologias digitais de informação e comunicação. Recursos educacionais. Dispositivos móveis. Comércio Exterior.

Texto completo:

PDF

Referências


CARR, W.; KEMMIS, S. Becoming Critical: education, knowledge and action research. London, Brighton: Falmer Press, 1986. 246 p.

DOUGIAMAS, M.; TAYLOR, P. C. Moodle: Using Learning Communities to Create an Open Source Course Management System. Proceedings of the EDMEDIA, Conference, Honolulu, Hawaii. 2003. Disponível em: . Acesso em: 11 abr. 2016.

FREIRE, P. Educação como Prática da Liberdade. Rio de Janeiro, RJ: Editora Paz e Terra, 1967. Disponível em: http://www.dhnet.org.br/direitos/militantes/paulofreire/ livro_freire_educacao_pratica_liberdade.pdf. Acesso em: 16 mar. 2016.

OECD. El conocimiento libre y los recursos educativos abiertos, Centro de Nuevas Inicitivas, Espanha. 2008. Disponível em: . Acesso em: 24 maio 2016.

STALLMAN, R. M. Free Software, Free Society: Selected Essays. Free Software Foundation, Inc. Boston, USA, 2010. Disponível em: . Acesso em: 29 maio 2016.




DOI: https://doi.org/10.18815/sh.2018v8n13.350

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Saber Humano: Revista Científica da Faculdade Antonio Meneghetti

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Saber Humano, ISSN-E 2446-6298, Restinga Sêca-RS, Brasil.

Licença Creative Commons
Saber Humano de https://saberhumano.emnuvens.com.br/sh/index está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.