Ciência Jurídica e o critério de refundação epistêmico segundo a autopoiese do ôntico-humanista

Djovani Pozzobon, Josemar Sidinei Soares

Resumo


O presente trabalho dedica-se ao estudo da Ontopsicologia relacionada ao Direito. Portanto, o objetivo do trabalho é estudar a relação entre Ontopsicologia e Direito em base ao critério de refundação epistêmico segundo a autopoiese ôntico-humanistico, examinando as principais referências existentes sobre Direito, Ontopsicologia e autopoiese, a fim de verificar como ocorre no plano concreto a aplicação da ciência ontopsicológica nos trabalhos realizados pelos profissionais do Direito. O método utilizado foi o qualitativo. Com o transcurso dos anos, a sociedade emergiu em assuntos superficiais e deslocados do real conhecimento sobre o humano. Dessa maneira, o Direito também experimentou os resultados de ser pensado e aplicado por gerações de juristas que viveram na superficialidade humana ou que não compuseram sua vida conforme a ordem da natureza. Portanto, atualmente, existe um Direito maculado por estas gerações de pensadores e necessita ser refundado por mentes hígidas e que apliquem o conhecimento humanista na elaboração, interpretação e aplicação das leis em prol de uma sociedade mais humanizada e menos robotizada. Professor Antonio Meneghetti informa a passagem para a refundação do Direito, que é critério epistêmico segundo a autopoiese do ôntico-humanista. Portanto, a conclusão do trabalho ocorreu no sentido de que é possível refundar o Direito através da aplicação da metodologia ontopsicológica, sempre em favorecimento e evolução da sociedade.

Palavras-chave


Autopoiese. Direito. Ontopsicologia.

Texto completo:

PDF

Referências


CASTAÑON, G. A. Construtivismo e ciências humanas. Disponível em:

http://www.cienciasecognicao.org/pdf/v05/m22542.pdf Acessado em: 12/12/2018

MATURANA, H. R.; VARELA, F. A árvore do conhecimento: as bases biológicas

Do entendimento humano. Campinas, SP: Psy II, 1995.

MATURANA, H. R. A ontologia da realidade. Organização e tradução Cristina Magro, Miriam Graciano e Nelson Vaz. Belo horizonte, MG: Ed. UFMG, 1997.

_____- Cognição, ciência e vida cotidiana. Organização e tradução Cristina Magro e

Victor Paredes. Belo Horizonte, MG: Ed. UFMG, 2001.

_____- Emoções e linguagem na educação e na política. Tradução de José Fernando

Campos Forte. Belo Horizonte, MG: Ed. UFMG, 2002.

MENEGHETTI, Antonio. Direito, Consiência e Sociedade. Recanto Maestro, RS: Ontopsicológica Editrice, 2009.

___________________. O Critério Ético do Humano. Porto Alegre: Ontopsicologica Editrice, 2002.

___________________. Os jovens e a Ética Ôntica. Recanto Maestro – São João do Polêsine – RS: Ontopsicológica Editora Universitária, 2013.

___________________. Sistema e Personalidade. 3. ed. – Recanto Maestro: Ontopsicológica Editrice, 2004.

___________________. Dicionário de Ontopsicologia. 2. ed. rev. atual. – Recanto Maestro: Ontopsicológica Editora Universitária, 2012.




DOI: https://doi.org/10.18815/sh.2019v9n15.413

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Saber Humano: Revista Científica da Faculdade Antonio Meneghetti

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Saber Humano, ISSN-E 2446-6298, Restinga Sêca-RS, Brasil.

Licença Creative Commons
Saber Humano de https://saberhumano.emnuvens.com.br/sh/index está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.